Vocês sabem o que são as PANCs, tão faladas ultimamente?

PANC quer dizer Plantas Alimentícias Não Convencionais. Segundo o Guia Prático de PANC “o termo Alimentícias quer dizer que são plantas usadas na alimentação, como verduras, hortaliças, frutas, castanhas, cereais e até mesmo condimentos e corantes naturais. O termo Não Convencionais significa que não são produzidas ou comercializadas em grande escala, cujo cultivo e uso pode cair em esquecimento.”


As PANCs são plantas que temos normalmente em nossa memória de infância, pois nossos avós as cultivavam em seus quintais. Por serem pouco comercializadas e como hoje não temos mais tanto espaço em casa para plantio, elas ficaram somente na lembrança.



Elas tem recebido muita atenção atualmente por suas características nutritivas. Por serem plantas com pouca modificação genética possuem um valor nutricional mais elevado do que as plantas que costumamos consumir, pois as plantas muito comercializadas, muitas delas, passaram por alterações genéticas.


Cultivar e consumir PANCs é trazer novos nutrientes à nossa alimentação, é consumir os alimentos por inteiro, é não deixar desaparecer plantas nativas, além de valorizar nossa biodiversidade!


Exemplos de PANCs conhecidas: Cambuquira, Capuchinha, Caruru, Folha de Batata-Doce, Lírio Amarelo, Lírio do Brejo, Ora-Pro-Nobis, Peixinho, Taioba, entre outras.


Caso tenha interesse em plantá-las em casa mas não quer correr o risco de consumir algo impróprio busque o Sabor de Fazenda, lá você encontrará diversos tipos de plantas PANCs, além de outros temperos deliciosos para compor sua horta.


Até a próxima!

Abs.


Fonte de Pesquisa:

Instituto Kairós. Guia prático sobre PANCs: plantas alimentícias não convencionais. São Paulo: Instituto Kairós, 2017.

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo